/
+
After awhile you learn the difference, the subtle difference between holding a hand and chaining a soul. And you learn that love does not mean leaning and company does not always mean security or proximity. And get learn that kisses are not contracts, nor promises of everlasting love. Begin to accept your defeats with your head up and eyes radiant with the grace of an adult - and not the grief of a child. And learn to build all your roads on today because tomorrow's ground is too uncertain for plans, while the future has a way of falling down in mid-flight.

After a while you learn that the sun can burn out if we get exposed to it for long. And you learn that no matter how much you care, some people simply do not care ... and you accept that no matter how good a person, it will hurt you every once in a while, and for this you must always be willing to forgive this.

(Shakespeare)
"Mas eu sou mesmo um clichê. Um daqueles bem água com açúcar, sabe? Um melodrama de quinta. Uma comédia romântica, que você não se cansa de ver num domingo a tarde."
»
“Eu quero um punhado de estrelas maduras. Eu quero a doçura do verbo viver.”
Caio Fernando Abreu. 

“Aumente o som do teu riso.”
Luara Quaresma.  

“Então vai lá: domine seu mundo, assuste seus monstros, afaste seus medos, crie suas expectativas, derrube suas angústias, acabe com sua ansiedade, preserve sua humildade, afogue seu ego, afague sua simplicidade. Você é artista e não um figurante da sua arte. Domine-a. Eduque-a. Xingue-a. Maltrate-a. Ame-a. Respeite-a. Entende-a de a a z. Ela será sua por uma vida inteira e até um pouco mais. Então vai lá! Aconteça o que acontecer: faça! Faça o que fizer: aconteça! Faça acontecer ou morra com a amargura de ter vivido no poderia ter feito, no poderia ter acontecido… Quer dor maior?”
Eu me chamo Antônio.   

“Poderíamos casar, teríamos um apartamento, tomaríamos café as cinco da tarde, discordaríamos quanto a cor das cortinas, não arrumaríamos a cama diariamente, a geladeira seria repleta de congelados e coca-cola, o armário de porcarias, adiaríamos o despertador umas trinta vezes, sentaríamos na sala de pijama e pantufas, sairíamos pra jantar em dia de chuva e chegaríamos encharcados, nos beijaríamos no meio de alguma frase, você pegaria no sono com a mão no meu cabelo e eu, escutando sua respiração. Eu riria sem motivo e você perguntaria porque, eu não responderia, saberíamos.”
Caio Fernando Abreu.

“Há alguma coisa errada comigo além da melancolia.”
Velho Bukowski. 



“Eu finjo que não estou magoada, e ando no mundo, como se estivesse me divertindo.”
Lana Del Rey.   

“Estou tão cansado ultimamente. Na maioria dos dias eu só penso em desistir.”
O Mundo Cinzento. 


1 month ago · 34,109 notes · reblog
originally narcotic · via socialid
“Mas e quando você está na pior, quando está totalmente acabado e sozinho, quem está lá com você? Aposto que nunca é quem você imaginava. Então pare e olhe ao seu redor, quem está com você? É nessas pessoas que você precisa focar.”
Demografar.


1 month ago · 156,718 notes · reblog
originally wescalou · via moan-s
“Deus sempre transformou a tragédia em triunfo.”
— Max Lucado 

1 month ago · 519 notes · reblog
originally escrit-ora · via quer0voce
“Aí você começa a desconfiar que ele poderia ter sido o cara legal da sua vida. Isso, se você sentisse a mesma paixão, se você conseguisse entregar sua alma tanto quanto, se você soubesse amar ele do mesmo jeito e intensidade que ama a falta que agora ele te faz.”
Gabito Nunes.   

“Guarda-me, ó Deus, porque em ti confio.”
Salmo 16.1